segunda-feira, 12 de abril de 2010

Em nossas almas acendei o amor de Jesus

Clara, a pobrezinha de Assis, como também era conhecida em sua época tudo fez para ser a menor de todas, a última , a mais humilde , a mais necessitada.Esta humildade divina que abrasava o seu coração era o que a libertava de tudo que era terreno e mundano, de tudo que era supérfluo e não agradava a Jesus, seu divino esposo.
Assim como Clara, devemos praticar a humildade interior e quando a soberba nos tentar, devemos nos esconder na Misericórdia do Senhor.Devemos também eliminar tudo o que é supérfluo em nossas vidas, não apenas coisas materiais,mas também do coração,eliminando a inveja, a preguiça, a soberba, a vaidade, o orgulho estamos eliminando tudo o que é supérfluo para Jesus renovar nossas vidas com bons dons, com os dons que ele dá para que cultivemos.
E como cultivar estes tão preciosos dons? , devemos guarda-los em nossos corações e sempre os usar, em todos os momentos de nossa existência, pois os dons de Jesus não acabam jamais, são infinitos...
E assim como os dons de Jesus são infinitos para quem os cultiva com fé, o amor dele por nós também é infinito, não por uma pessoa em especial, mas por todos , por cada um de nós, inclusive a mim e a você que está lendo este pequeno texto neste momento.Por isso, cultive não somente os dons de Jesus , mas cultive também o grande amor dele por nós.
Este era o ideal da vida da doce Clara, a obediente serva de Jesus.Cultivemos os dons que ele nos revelou através destas pessoas simples que vem ao mundo para nos iluminar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário